Fernando Correia

Azure Summit Brasil movimenta comunidade

In Novidades on 18 mar 2013 at 14:49

No sábado, 16 de março, aconteceu o Azure Summit Brasil 2013. Centenas de profissionais dedicaram o dia à atualização sobre as tecnologias e serviços da plataforma de computação em nuvem da Microsoft, o Windows Azure. Foram mais de 200 participantes presenciais e centenas remotos, que assistiram à transmissão ao vivo das palestras.

azuresummitbr2013-01

O evento foi realizado pela BR Soluções com apoio da Microsoft e teve como palestrantes nomes da comunidade e da Microsoft que são referência: André Dias, Erika Madeira, Evilázaro Alves, Fabio Hara, Giovanni Bassi, Livia Santos, Lucas Romão, Luciano Condé, Marcos Tupinambá, Marden Menezes, Rafael Godinho, Ricardo Dorta, Rogério Cordeiro, Silvio Oliveira, Vinícius Apolinário, Viviane Ribeiro.

Aqui eu vou compartilhar com vocês a minha experiência do evento, que é apenas uma pequena amostra do que aconteceu, já que foram 4 trilhas simultâneas: foco em produtos, foco em cenários, foco em público avançado e mesa redonda.

Recepção

Os participantes foram muito bem recebidos pela Microsoft, em sua sede em São Paulo. Tivemos lanches, refrigerantes e café à disposição o dia inteiro. Dois pontos chamaram muito a minha atenção.

O primeiro foi o investimento na estrutura de gravação e transmissão ao vivo das palestras. Como a procura pelo evento foi muito maior do que seria possível atender no ambiente, em todas as salas encontramos câmeras, equipamentos e pessoal de operação, possibilitando a todos se beneficiar do conteúdo do evento, mesmo a partir de sua própria casa. Estes vídeos serão publicados para que possam ser assistidos sob demanda. Um detalhe interessante é que a transmissão utilizou os serviços de processamento de vídeo e streaming do Windows Azure.

O segundo ponto foi que a administração do prédio do evento comunicou que o prédio estaria em manutenção no sábado. Os serviços básicos como energia, água, elevadores, telefonia e internet ficariam indisponíveis. Os organizadores optaram por manter a programação e providenciaram toda uma infraestrutura de contingência, incluindo energia, internet e alimentação, priorizando a atenção à segurança de todos, em primeiro lugar. Esse plano de contingência funcionou muito bem, com mínimos percalços sanados em minutos pela equipe de plantão. Foi um show de comprometimento e organização.

Keynote

A palestra de abertura ficou a cargo de Luciano Condé, Gerente de Produto do Windows Azure na Microsoft Brasil.

Condé apresentou uma visão geral do Windows Azure, de como ele se encaixa e se integra ao leque de soluções que a Microsoft oferece, e dos seus principais serviços, como computação (incluindo serviços em nuvem, máquinas virtuais e web sites), armazenamento, processamento de vídeo, redes, serviços para celular, big data e outros. São tantos serviços que nem foi possível falar sobre todos.

Também conhecemos alguns cases de sucesso muito interessantes que usam a plataforma Azure. Condé destacou especialmente a importância da nuvem no cenário atual como habilitadora para tendências como interação social e cooperação, novos aplicativos, disseminação da computação móvel e explosão de dados.

Continuous Delivery

André Dias, Chief Quality Officer na BR Soluções Integradas e MVP, falou sobre “Continuous Delivery para Windows Azure usando Team Foundation Service“.

Ele explicou os conceitos de continuous integration (integração contínua: manter o código-fonte do aplicativo continuamente integrado, compilado e testado), continuous deployment (implantação contínua: atualizar a aplicação em produção a cada commit) e continuous delivery (entrega contínua: liberação automatizada de funcionalidades com valor de negócio).

André mostrou como a integração ao Azure do recém-liberado serviço de “TFS na nuvem” viabiliza a adoção destas práticas. Chamou a atenção de todos a demonstração de alteração do website em produção do próprio evento Azure Summit, e depois a reversão desta alteração, em questão de minutos, de forma automatizada e gerenciada.

Diagnóstico e depuração

Lucas Romão, MVP de Windows Azure e membro do Windows Azure Inside Solutions Group da Microsoft, falou sobre “Diagnosticando problemas e Depurando a sua aplicação no Windows Azure”.

Ele apresentou diversas dicas para identificar problemas em aplicações na nuvem, como o acesso direto a registros de eventos e ferramentas para visualização de logs de diagnóstico.

Lucas também mostrou como usar o IntelliTrace, um recurso do Visual Studio, para ter uma visão interna, linha por linha, da execução do código nos servidores na nuvem.

Big Data

Viviane Ribeiro, especialista em SQL Server e Business Intelligence na Microsoft Brasil, falou sobre “Criando Soluções de Big Data com Windows Azure”.

Ela explicou a utilidade do Hadoop, ferramenta que está sendo liberada pela Microsoft, em parceria com a Hortonworks, tanto para Windows Server como na forma de serviço no Azure.

O Hadoop permite armazenar grandes volumes de dados na forma de arquivos ou tabelas, e processá-los em cluster usando a técnica Map/Reduce.

Viviane mostrou também como é fácil e rápido trabalhar com os dados armazenados no Hadoop. Em questão de minutos ela conectou o Excel a tabelas do Hive (sistema de data warehouse do Hadoop) e criou um dashboard para exibir estes dados com o PowerPivot, um add-in de BI para Excel.

Em resumo, Viviane mostrou o caminho para extrair informações úteis da avalanche de dados que estão se acumulando em volume e velocidade cada vez maior. Foi muito interessante a observação de que o Hadoop não concorre com o SQL Server, mas o complementa.

Integração

Evilázaro Alves, MVP e Chief Technology Officer da BR Soluções Integradas, falou sobre “Construindo Aplicações Híbridas usando Windows Azure Service Bus”.

Arquiteturas híbridas foram uma presença constante no evento. Nenhuma empresa estará totalmente na nuvem, mas dificilmente estará também fora dela. A norma será tirar o melhor proveito tanto das tecnologias “on-premises” como das tecnologias de computação em nuvem.

Para isso, integração é fundamental, e o Evilázaro mostrou como o Service Bus do Azure pode ser utilizado como um canal para esta integração.

Entre as funcionalidades disponíveis, estão a fila de mensagens, o modelo publish/subscribe, e a retransmissão (relay). A demonstração focou especialmente nesta última técnica, que permite publicar de forma segura na nuvem um serviço executando em servidores on-premises.

Nuvem Híbrida

Fabio Hara e Vinícius Apolinário, evangelistas técnicos na Microsoft Brasil, falaram sobre “Nuvem Híbrida com Windows Server, System Center e Windows Azure”.

Eles explicaram como as novas ferramentas do System Center 2012 permitem à área de TI de uma empresa oferecer de forma gerenciada e automatizada serviços baseados tanto em nuvem privada como na nuvem pública (Azure). As soluções de nuvem privada são compatíveis com as principais tecnologias de virtualização do mercado (não apenas Microsoft). Estas máquinas virtuais podem ser migradas de/para a nuvem.

Eles mostraram as ferramentas que incluem um painel para os usuários finais auto-provisionarem recursos (dentro de seus limites de uso), ferramenta para definição de modelos de arquitetura de aplicativos que podem ser provisionados automaticamente e ferramentas para automação de processos e gerenciamento.

Ficou muito forte a mensagem de que a visão que a Microsoft está trazendo é de integração entre on-premises e nuvem, de forma que cada ambiente seja utilizado nos cenários em que é mais apropriado.

Conclusão

O evento foi um sucesso. Isso ficou claro na reação de muitas pessoas que ficaram empolgadas com as tecnologias que foram demonstradas. Por exemplo, a demonstração de Giovanni Bassi sobre Node.js no Azure foi marcante.

Outro ponto forte foi a troca de ideias e experiências com membros da comunidade de Azure. Eu tive a satisfação de conhecer pessoalmente algumas pessoas com quem só tinha contato no Twitter, como Fernando Carmo, Everaldo Oliveira e Vitor Meriat, além de rever a equipe da Microsoft.

No final, vi muitos rostos satisfeitos e ficou a expectativa para a próxima edição, em 2014!

  1. Foi um prazer conhecê-lo Fernando, como imaginei você é um profissional dedicado e ávido em compartilhar. Seja bem vindo sempre!

  2. More is comming ! Waiting…by Condé

  3. […] feedback foi ótimo (aqui tem um feedback legal sobre o evento como um todo e cita minha palestra lá no final), os desenvolvedores adoraram o […]

  4. […] Fernando Correia – Azure Summit Brasil movimenta comunidade […]

Os comentários estão desativados.