Fernando Correia

Como garantir custo zero ao excluir uma VM do Azure

In Dicas on 31 maio 2013 at 15:19

Atualização: A partir de 03/06/2013, máquinas virtuais suspensas não geram mais cobrança. Os procedimentos abaixo continuam válidos para excluir totalmente máquinas virtuais e todos recursos associados a elas.

A computação em nuvem possibilita o uso de recursos de computação sob demanda, com pagamento proporcional ao uso. Tão importante quanto a capacidade de aumentar a quantidade de recursos utilizados é a possibilidade de, a qualquer momento, diminuir este consumo. Usando apenas a quantidade de recursos necessários para atender à demanda em cada momento, aproveita-se ao máximo as vantagens de eficiência econômica da nuvem.

Björn Eriksen, Windows Azure Champ e Evangelista Técnico da Microsoft em Estocolmo, escreveu recentemente um artigo (How to delete a VM in Windows Azure and not incur any charges) explicando como excluir totalmente uma máquina virtual do Windows Azure de modo a ter certeza de que não haverá cobrança pelo seu uso.

Como esta é uma dúvida frequente, eu pedi autorização a Björn para traduzir e republicar o conteúdo para maior facilidade de acesso pela comunidade no Brasil, e ele gentilmente consentiu. Segue o tutorial:

Resumo

Estes são os passos a seguir para excluir uma máquina virtual no Windows Azure e não gerar nenhuma cobrança:

  1. Excluir a máquina virtual.
  2. Esperar até que o disco seja desconectado da máquina virtual.
  3. Excluir o disco e o VHD associado.
  4. Excluir o serviço de nuvem.
  5. Excluir a conta de armazenamento.

Detalhes

Primeiro você tem que excluir a máquina virtual. Esta é a parte mais fácil e pode parecer que seja suficiente. Uma coisa que pode ser confusa é que quando se exclui uma máquina virtual aparece um serviço de nuvem!

Veja a imagem abaixo. Há uma máquina virtual no ar e nenhum serviço de nuvem. Isso vai mudar quando nós excluirmos a VM. Agora selecione a máquina virtual e clique em Excluir na parte inferior da tela.

Excluir a máquina virtual demora alguns segundos. Quando a operação terminar, você verá que não há mais nenhuma máquina virtual, mas apareceu um serviço de nuvem. De onde ele veio?

Você pode ver que o serviço de nuvem tem o mesmo nome que a VM tinha. Acontece que o portal usa um truque para não confundir os usuários, mas o efeito quando a VM é excluída é um pouco confuso. Quando você cria uma máquina virtual, na verdade ela está contida dentro de um serviço de nuvem, mas o portal esconde isso. Se você usar o PowerShell para listar os serviços de nuvem você verá todos os serviços de nuvem, inclusive aqueles que têm máquinas virtuais conectadas a eles.

Ter um serviço de nuvem sem nenhuma instância instalada não gera nenhuma cobrança, então você pode simplesmente ignorá-lo. Ou, por questão de organização, pode excluí-lo também.

O próximo passo é excluir o disco. Cada disco das suas máquinas virtuais é armazenado em uma das suas contas de armazenamento no Windows Azure. Armazenar dados em uma conta de armazenamento gera cobrança, portanto nós precisamos excluir estes dados.

Clique na aba “Discos” em Máquinas Virtuais. Note que antes de poder excluir um disco, o campo “Anexado a” deve estar vazio. Leva alguns minutos entre você excluir uma máquina virtual e o disco ser desconectado dela.

Portanto aguarde até o disco ser liberado e então selecione-o e clique em Excluir. Ao clicar em Excluir aparecem duas opções: Excluir o VHD associado ou Reter o VHD associado. Se você quiser ter custo zero você precisa excluir o VHD (imagem de disco virtual). Mas tenha em mente que esta ação não pode ser revertida e que os dados serão permanentemente excluídos da sua conta. Se aquele VHD contém dados importantes, faça um download ou backup dele antes.

Se você está usando o portal em português, tome cuidado com um erro de tradução na mensagem de confirmação da exclusão de disco. Em português, ao clicar em Excluir o VHD associado, está escrito “O disco [nome] e o arquivo .vhd associado não serão excluídos de sua conta de armazenamento.” Este “não” está sobrando. Em inglês aparece “The disk [nome] and the associated .vhd file will be deleted from your storage account.” A mensagem em inglês está correta: tanto a definição do disco como o VHD serão excluídos.

Se você tinha mais de um disco associado à máquina virtual que foi excluída, repita este procedimento para todos. Ao final, se a conta de armazenamento ficou vazia, e se esta conta não era usada para outras finalidades (Table Storage, Blob Storage, Queue Service), você pode excluí-la também.

Com a máquina virtual e o VHD excluídos, você terá chegado ao custo zero e não haverá mais cobrança de recursos relacionados a esta máquina virtual no futuro.